associação para o crime

Que tal rirmos um pouco da crise econômico-financeira mundial? Pouco podemos fazer mesmo, pois os cara lá que mandam nesses modelos ridículos e falidos que vigoram há séculos. Crise após crise e ninguém larga o osso. Depois reclamam da corrupção no Brasil, fala sério né?!

Escolher entre as migalhas gastas com saúde e educação ou os milhões gastos em obras grandiosas e frentes de guerra, com certeza é escolha certa as medidas de maior repercussão mundial. Prefeitos, governadores e presidentes são cada vez mais como grandes faraós, construindo grandes monumentos para deixar suas marcas na humanidade. Não importam valores, nações, seus nomes são o que querem escrever na história.

Grandes encontros internacionais hoje são cada vez mais comuns. Um dia o presidente está num país, seus ministros estão em outros, no dia seguinte outra cúpula discute o clima, outra discute a economia, e muito de vez em quando há as reuniões sobre os direitos humanos. Claro, o problema do clima mundial reflete profundamente na produção de recursos naturais, matérias primas, bens duráveis e não-duráveis, combustíveis. A economia é pauta de reunião em 99,9%  dos países, nações, e até … reuniões de condomínio. Tá, tudo bem, a ONU e representantes de alguns países sempre fazem presença nas reuniões sobre direitos humanos e a situação do homem no mundo, mas pouco se faz, isso é assunto mais de colunas policiais, que diga-se de passagem mostra quanto estamos cada vez mais afundando em filmes de terror.

Eu aqui me perdendo em desabafos, e nem arranhei o tema do título. A crise mundial está aí. Hum… me lembro uma música “a terceira guerra mundial está aí”… tá, tudo bem, não tem nada a ver com a música, mas se pararmos para pensar, talvez nem cheguemos a presenciar uma nova guerra mundial (se é que ela já não ocorreu e nem percebemos, ou percebemos sim, mas nenhum historiador ou governante assumiu publicamente o fato e nomeou dessa forma). A nova guerra é interna, não tem hora nem lugar, é introspectiva, é 2.0, cada um tem a sua. Fico imaginando um grande presidente de uma grande nação aí de bandeira conhecida mundialmente, como ele deve se amar e se odiar todo dia ao se olhar no espelho pela manhã, que horror!

As cúpulas se reuniram, Europa, Américas… estão todos tentando injetar grana para salvar os bancos, são coniventes, cúmplices, comparsas da incompetência. Os bancos quebram, ou quase,as pessoas querem desesperadamente créditos, os mercados só sobrevivem se as pessoas comprarem, e as indústrias não conseguem parar de produzir. Ou seja, um colapso, uma locomotiva que queima lenha, óleo, gás, dinheiro, pessoas, cuja caldeira aquece o planeta, o clima, a fumaça estupra a camada de ozônio, e rasga os trilhos em velocidade alucinada. Como ninguém gosta de medida drástica, ninguém tem coragem de assumir o caminho óbvio e fácil, de parar a locomotiva, na minha opinião seria tão simples. Eles têm medo de “quebrar a corrente”, de desaquecer a economia. Desculpa boba perto do momento que passamos, convenhamos, né!? Os bancos são instituições especulativas e obscuras, que usam a máquina da economia para multiplicar dinheiro. Mas estão mais do que assumidamente vestindo a camisa da incompetência, mostrando que são péssimos gestores. E os presidentes de nações querem comprar a briga, dando crédito para os bancos repassarem crédito (que não fazem)… “reaquecer o trade”. Associação para o crime, de desrespeito à economia, e valores humanos. Não há ninguém limpo na parada.

A minha esperança era que tudo quebrasse mesmo, para que caíssem as máscaras e as pessoas tomassem vergonha na cara. A África sofre de miséria, e ninguém investe milhões para salvar. Mas os bancos… vamos pensar!

Anúncios

6 pensamentos sobre “associação para o crime

  1. Amei, é por aí… Crianças são o futuro e morrem de fome, bancos quebram e outros abrem, vidas não são tão facilmente repostas. Eu concordo, a terceira guerra mundial começou, é a guerra da ignorância contra a covardia…

  2. Pois é… Aí que eu vou ter que concordar com o Lula, que disse que estão jogando com o dinheiro, é isso que o sistema financeiro americano anda fazendo.

    Agora é impressionante como o governo Bush conseguiu destruir a maior economia da historia da humanidade em apenas 8 anos, é impressionante a incompetência deste cidadão e de toda a corja ao lado dele. Realmente impressionante.

  3. Realmente é desanimador, depois dessa época de eleições, estou acompanhando muitas discussões políticas, e refletindo um pouco no meu passado nada politicamente voltado para a própria, me dá muita ruiva por ser leigo nos problemas do meu pais.
    boa leitura aqui,
    Abraços
    Prestor

  4. Grande Rogério,

    Pois então vc é um cara que não é cego, é o que noto no texto.

    Olha cara, vc disse que “A África sofre de miséria, e ninguém investe milhões para salvar. Mas os bancos… vamos pensar!”. Por que isso é um fato? A resposta a esta pergunta pode ser o que dá origem aos nossos problemas, dos quais, esta crisesinha financeira é apenas mais um passageiro detalhe. A humanidade como um todo é formada ainda por indivíduos muito atrasados, especialmente seus dirigentes. Assim, estes comandam uma bestialidade só para satisfazer vaidades de quem quer *ter* mais, de quem quer ser mais poderoso. Todo o sistema resultante gera este tipo de coisas. Salvando bancos e matando pessoas. Qualquer pessoa ou nação normal minimamente evoluída deixaria os bancos se foderem e daria comida e o resto para os africanos. Já. Imediatamente. Sem nenhuma contra-proposta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s