sobre paredes e roooock

Soa em meus ouvidos, no momento, o som vibrante de Autoramas, rápido, intenso, na velocidade e vivacidade simples e inexplicavelmente complexa, como brincadeira de criança. É festa, baile ou show, é sincero, é do Rio, da Ilha, de Brasília, de plástico, couro, tarrachas, de topete, dancinha e rebolado… é roooock. E é bom! Bom degustar e reencontrar, reconhecer, redescobrir, novamente estimular e curtir. Ficaram lindos os novos arranjos, recomendo. Portas abertas, alma limpa, lavada, brilho nos olhos, não preciso dizer mais nada, apenas a mais sincera felicidade recai sobre mim neste momento, se pudesse registrar e fotografar, acho que veria minha alma brilhando e sorrindo.

~   ~   ~

As paredes do meu quarto ganharam pequenas cruzes grafite e azuis e círculos vermelhos, marcações para intervenções futuras. Parecem muros metralhados, que em contrapartida, não se mancharão de sangue, mas receberão flores, poéticas e líricas, cores e expressões. Não se enriquecerão de ouro, mas de outras e maiores riquezas, de valor inestimável, serão escaladas por arte, sincera, pura, bela e experimental. Não temerei ser engolido, pois ambiente hostil nunca será, as paredes parecerão gigantes que tenderão altas rumo ao infinito, reluzindo cor e vida.

~   ~   ~

> Ouvindo: Autoramas (mais aqui, aqui e aqui)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s