vestibulando-se

Pensando no futuro, você deixa reger-se e aceita o que ficar determinado por uma prova?
(A) Sim, me garanto na prova
(B) Não, sou mais do que apenas uma nota
(C) Não sei opinar

Pensando no futuro, você deixa reger-se e aceita o que ficar determinado por uma prova?
(A) Sim, me garanto na prova
(B) Não, sou mais do que apenas uma nota
(C) Não sei opinar

Suas notas são importantes…
(A) Para minha colocação no mercado
(B) Para nada, apenas para escolhas infundadas
(C) Para meu pai, minha mãe e para a Xuxa =)

Acho muito estranho que passamos uma fase de estudos aprendendo sobre muitas coisas importantes da vida, nosso corpo, nosso planeta, história, matemática, geografia, ciências, etc, mas depois vem uma fase em que tudo fica mais complexo e ao mesmo tempo superficial. Juntam todo esse conhecimento, incrementam com muito mais coisas e fazem o pacotão do segundo grau, pra colocar os alunos para ralar e quase aprender na marra, tudo de novo e todo o novo. Mas sempre senti que isso era muito falho, e me deprimi muito ao chegar uma fase em que só notava a dedicação e direcionamento de professores e colegas em que o primeiro ano era um resumo e levante de tudo que foi visto antes, preparando o terreno para os anos seguintes; o segundo ano mais assuntos mas só preparando para o próximo; e o terceiro ano aquela neurose de que “você tem que aprender isso para prestar vestibular”. Foi exatamente isso que vivenciei e presenciei, e percebia nos olhos de muitos a minha volta: 3 anos do segundo grau apenas com foco em preparar os alunos não para a vida (!!!) mas para fazer a tão temida maratona do vestibular (várias faculdades e universidades públicas e privadas), várias fases, provações, perguntas e questionamentos.

E o nosso futuro, é derivado dessa formação falha, deveria ser determinado pelo nosso resultado e colocação numa prova? Foi essa uma das minhas escolhas em prestar vestibular somente uma vez (fiz 2 fases da UERJ) e decidi firmemente que nunca mais faria aquilo na vida. Deixei rolar alguns anos e fui buscar uma faculdade depois, pensando no conhecimento que poderia adquirir.

Por esses dias deu esse rolo todo do ENEM, e é óbvio que coisa boa não poderia sair, afinal de contas é uma questão centralizadora, e joga sobre cada aluno uma responsabilidade muito grande, sendo que nem Estado, nem Municípios, nem o País, nem as instituições privadas dão as reais bases para formação intelectual desses alunos. Mas o frenético ritmo da juventude, os sonhos e cobranças e a ilusão do futuro faz esses jovens vestirem a camise das intituições e formação dos seus sonhos sem antes analisar o contexto como um todo, e lá se entregam à maratona de estudos, simulados, projetos e intensivos para fazer as tais provas. Se deslocam de bairros, municípios e até estados para prestar provas, tanto do ENEM quanto das centenas de outras instituições.

Aproximadamente 4 milhões de estudantes entregues ao sistema. Sei que muitos não aceitam, mas outros enchem os olhos de lágrimas-sonhos, lágrimas-tensão, lágrimas-esperanças, lágrimas-felicidades, e assim o barco “galopa” adiante. Se o barco apenas navegace na maré habitual ou sob ritmo de motores ativos e potentes, a coisa seria muito diferente. Esses mesmo 4 milhões de estudantes têm muito mais poder nas mãos, nas suas canetas e lápis, na sua palavra, e poderia reverter esse sistema, cobrar outro modelo, propor e defender melhor seus direitos. A massa já conseguiu derrubar presidente e encarar regimes muito mais opressores, perto disso, derrubar um sistema de provas de vestibular é muito fácil (ao meu ver), e isso muda muito a forma de encarar nossa formação, cobrar mais de escolas, universidades e faculdades, e preparar terreno para um futuro muito melhor.

Quem sabe um dia isso tudo mude.

Anúncios

2 pensamentos sobre “vestibulando-se

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s