deslocado

Não lido, não compreendido por mim mesmo
deslocado, a parte, distante, mudo
mundo muda o tempo todo
mundo não importa tanto
universo interno é uma grande incógnita
desafeto, desconexo, torto
caiu no chão a canção alegre de hoje (ontem)
o lirismo das gotas leves de chuva repousando sobre a Lagoa
pétalas de arco-íris surgem ao abrir a porta
abelhinhas artesãs
até um fogão vermelho e uma porta branca sem cor, rotos, desfalecem pouco caso na calçada
calçadas essas, da Sul, cheias de lixo
histórias esquecidas, novas histórias
estranho ao meu redor
até o cachorro amigo é de papelão
não posso deixar para trás, mais um corpo estendido no chão
pouco de mim, que seja
não deixarei virar nada apenas.

~ ~ ~
Ouvindo: Som da Rua

Anúncios

2 pensamentos sobre “deslocado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s