tenho aqui comigo

Tenho aqui comigo um quê de não sei o que, de nada sei, de pouco sei, de sei lá o que.
Carrego comigo a incerteza, a dúvida, a dívida de nunca acertar-me.
Dívida, dúvida, resta muito, resta pouco, resta um.

Fica a dúvida: se carrego a incerteza então carrego nada enfim?
Se carrego uma sacola de dúvidas, carrego então um mundo de possibilidades.
Se e então, carrego mil e uma coisas, os desenhos que vejo e verei nas nuvens.

Arco-íris e sonhos, amizades, amores, sentimentos, descobertas.
Nada, cheio de vaio, vazio no cheio de tanta coisa.
É tudo enfim.

~ ~ ~
Ouvindo: Tiê

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s