desperdiço verdades

Disparo sóis
sou contra quem é contra o estado da arte, o estado da vida
solto verdades
e prefiro me arrepender desta maneira

cansado de não ser ouvido
calo-me diante do desperdício que é tentar argumentar
mando-lhes ao inferno por me sentir vazio diante do descaso
sinto-me cansado, velho se reclamo

vontade de fugir
nem que sejam anos de solidão
antes a solidão acompanhada de si
que a convivência ignorante

desperdiço verdades
dedico tempo a pensar no que acho certo
e mais tempo por reclamar por não ser aceito em prática
desperdiço um pouco de cérebro

desabafo comigo mesmo
já que com outros não faz tanta diferença
não sou ouvido, nem lido, nem argumentado
livro que se fecha, empoeirado na estante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s