sem título

Como água fluindo abaixo
como som de folhas ao vento,
que você não sabe de que direção vem…

como sangue correndo nas veias
tão natural e belo quanto nascer,
é o fato de adormecer em plena harmonia e desprendimento

e durante isso tudo, são tantos acontecimentos
que nos acostumamos com a profusão de coisas
com a poluição de pensamentos e atos
se diminuir o ritmo a gente estranha
se parar, o corpo continua em movimento
a mente aprende a relaxar
mesmo funcionando
o corpo continua a funcionar
mesmo a mente adormecendo
o pulso ainda pulsando
e a vida segue seguindo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s