às vezes

Às vezes escrevo poesia. E tantas vezes quanto escrevo não me sinto lá muito certo disso.

Às vezes escrevo o que penso, o que sinto. E sinto que o que sinto ainda falta um pouquinho.

Às vezes vivo a vida. E percebo que há ainda muita vida por viver.

Às vezes erro tanto… que erro até mesmo em achar que estou errado.

Às vezes quero fugir. E sei que fugir será apenas abandonar sem resolver.

Às vezes sou tão fraco… que a falta de coragem me faz perder muitas coisas.

Às vezes acho que é tudo besteira. E talvez possa estar certo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s