medo do sentido (recados espirituais)


Eu perdi o meu medo, meu medo do medo. Eu passei a gostar do bem que a chuva me faz. Eu passei a viver momentos, ser visual e volúvel como a vontade. Eu pedi e perdi um pouco de paz. Interiorizei algo que não consegui ainda conquistar. Me disseram que não me cabe ter. Eu perdi o sentido da vida. Escapou entre os dedos, escapou sem eu perceber e minha escolha ajudou a afastar. Minhas escolhas me fizeram parecer confuso e falso, parecendo superficial. Será que irei um dia encontrar? Meu medo, olhando pela janela é não me ver pertencente a esse mundo, não merecedor de tal sentimento que tanto respeito e quero para me completar, para me fazer ter sentido. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s