carregue consigo uma caixinha de amor


Sem arte a vida não é nada senão vida sem arte. Sem vida a arte não existiria. Com poesia a vida ganha mais cores, flores, texturas e sabores, mais encantos, risos, sorrisos e abraços. As ideias estão nos olhos: de quem vê e de quem se vê. Toque-se, toque o coração de alguém, vá sem medo. Mas se der medo, na boa, não esconda sentimentos, vá! Converse com um estranho, não o olhe estranho, entenda, mesmo sem conhecer, que ele é tão vida e tão bonito quanto você. Seja poesia, pois o mundo tem mais encantos do que a gente imagina. 

Anúncios

estado de espírito


Poesia é como estado de espírito: às vezes você está no estado, às vezes está no espírito. Às vezes você escreve poesia, às vezes você faz poesia. É preciso sentir, algo que vem de dentro, ou algo de fora que te impulsiona a aventurar no emaranhado de sentimentos e palavras. É como ir a lugares ou revisitar os amigos, sempre novas experiências. Você pode ir ao mercado comprar um sonho, mas nunca poderá comprar um sonho de verdade. Não compre sonhos, conquiste os seus. Nada é fácil ou impossível de mais que não possa ser tentado. O que se espera ou deseja alcançar e conquistar. Longe nem sempre é uma questão só de distância, é às vezes onde você nunca foi. Onde você esteve ou para onde você vai sempre há chance de ser mais perto. A vida é como um livro: uns lêem, outros escrevem, poesia é uma das formar de viver. Não precisa saber ler para ler a vida, basta abrir os olhos da percepção e sentir o fluxo e o que a vida realmente é. Não precisa ser poeta pra escrever ou fazer poesia, basta se colocar ou aceitar um estado de espírito que te inspire a expor aquilo que sente. 

melhor para mim


Em vez de desejar te tocar para tentar alcançar o céu, vou desejar alcançar o céu para tentar me tocar. 

Não é por olhar como se fosse o centro do universo, pois é definitivamente o que não quero ser. Mas cansei de ver o universo se mover, e preciso também fazer de mim movimento, força e buscar centramento e razão. 

45


Mem cinco minutos guardados, eternizados em auge de mais puro sentimento foram argumentos fortes para sustentar a identitade líquida dos seres. Palavras doces, recaídas, esperanças, negações, mais esperanças vazias, conselhos e broncas, tentativas de abrir os olhos entre as lágrimas. Cinco segundos para decidir, quarenta e cinco para se arrepender, seis horas de reflexão e conselhos musicais abafados egoisticamente nos ouvidos. O que é (e o que nunca foi) amor nos dias de hoje? Como pessoas que escorrem pelos dedos, sentimentos negados, escolhas tomadas. O juiz também deixou o apito de lado e foi jogar, a vida segue correndo e ninguém quer perder. Tenho orgulho por ter tentado, sincero em mim, no meu ser. Nas lágrimas me fortaleço, pois lavo minha alma. 

rei da empada


Acorda cedo todo dia, antes de todos, para ver nascer o sol diante de si ao abrir a janela. Espreguiça leve, fazendo uma reverência como maestro regendo o astro maior. Toma seu banho no conforto de uma meia luz do banheiro silencioso. Canta para despertar e esquecer da água gelada. Se divide entre preparar o café e separar nobres iguarias e receitas, dispondo de tudo na enorme bancada. Mãos ágeis ao misturar cada elemento, em proporções e medidas tiradas de anos de experiência e dedicação, acariciando a massa, cultivando recheio como habilidoso alquimista de sabores. Enforma com precisa arte e delicadeza, recheia e tampa, sela e enfileira meticulosamente no tabuleiro como um jogo de xadrez. Ah, e cantarolando para harmonizar cada etapa do processo. Forno ligado, aquecido, acolhe o tabuleiro de forminhas, cozendo sabores no tempo certo da massa: a leveza, crocância e textura de desmanchar na boca. Uma a uma ele vai embalando e armazenando em suas prateleiras de venda, coloca sua camisa branca engomada, seu chapéu coroa a sábia cabeça, e sai pelas ruas espalhando delicioso aroma de suas iguarias. Logo logo crianças, pais e idosos se aproximam para degustar de tão belas preciosidades culinárias e mais um dia o rei da empada conquista súditos e garante seus sustento, além, e acima disso, a grande satisfação a qual se dedica por anos e anos, recheando sua vida de amor e sabor. 

por perto de mim


Por quantas vezes fomos dormir juntos, e acordamos juntos na manhã seguinte? Quantas madrugadas eu e você conversamos, discutimos, discordamos, optamos por lados opostos do sofá, entre puxar a coberta ou abrir a janela? Até quando eu dormia no sofá e você na cama estávamos conectados. Por tantas vezes fomos melhores amigos e companheiros, e outras vezes fomos opostos e alguém que o outro nem queria por perto. Fomos também ausência um do outro. Você acha que sabe de todos os meus segredos, enquanto eu acho que não sei nada sobre você. Mas é de você que mais preciso nessa vida. E sem querer me achar de mais, mas sou eu quem você mais precisa em sua existência. Sem mim não sou você. Preciso de você por perto de mim, somos um só ser. Vivo por você, viva então comigo. Quando me olho nos olhos é você que vejo. Quando ouço sua voz, é a minha que ouço. Quando choro, nós choramos. Quando sorrimos, nossa alegria se multiplica. Em você tenho tudo que sempre quis. 

incerteza viva*


Bicho solto, cão sem dono e sem coleira, no mundo, largado pelo caminho, de bairros à países, dono de nada e nem do próprio nariz. Sem rumo nem fala, sem chão e sem nada. Com tudo sem saber. Vivendo a cada dia com poucas lembranças do passado e na incerteza viva do futuro. Vale quanto pesa? Então vale pouco. E se for pelo peso no mundo nas costas? Então custa caro. Dois pesos e duas medidas, fluido como é frágil a vida que passa diante dos olhos no meio de uma estrada. 

*Incerteza Viva é tema da edição 32 da Bienal de São Paulo

33

33 maneiras de ver o mundo, 33 anos tentando interpretar sentimentos, sensações e descobrir o que é vida. 33 x 33 e contando: dúvidas e certeza, lágrimas e risos, tristezs e alegrias. 33 anos e ainda me sinto jovem, de vida e vontade de buscar o melhor, ser uma pessoa melhor, me entregar de cabeça, ser alguém de amizade, amor, hamonia e felicidade. Agradeço a todo mundo que fez e faz parte da minha vida.