meu coração e eu


Meu coração me enche de alegria, força, fé, esperança e vida. Mas às vezes me trai na cara de pau! Melhor conselheiro, amigo da onça, mas acima de tudo grande companheiro e amigo. Amo meu coração, sem ego, mas sem ele eu não seria quem sou, e sem mim ele bateria em vão. É o que sou, sentimos e sofremos juntos, vivemos um pelo outro. 

meu pobre coração

De tudo que há por dentro
seja dor e angústia
seja paz e alegria
seja ressentimento
seja argumento
seja febre ou seja pulso
então que seja verdadeiro

meu pobre coração já soube amar
já sonhou com encontros
já recebeu carinho
já teve o que mereceu

já encontrou o caminho

meu pobre coração já se esqueceu
já caiu em dúvida
já me enganou
já teve o que mereceu

já se perdeu

como é estranho parecer que pára o coração
não faz barulho
grita silencioso
quer algo que não me fala o que é

de tudo que há por dentro
o mais importante é saber ouvir
o grito, a fúria, a angústia
a alegria, o humor, o amor
de tudo que há por dentro
seja achando ou se perdendo
é preciso tentar ouvir

o que diz um pobre coração.

meio termo

Tenho que me lembrar
de esquecer
tenho que esquecer
que viver não é só guardar
guardar nem sempre tem a ver com ter

ter em excesso é loucura
faltam mãos e espaço no coração

o que temos e que deveria nos bastar
é somente aquilo que somos

mas quando somos ilusão
nem nos sonhos sabemos quem somos
e quando não somos
não nos restam sonhos

tenho que me lembrar de que…
não adiantam borrachas para apagar,
aquilo que realmente importa
o tempo há de guardar.

não se compra em feira

Então se abre sorriso freguês
mas só sincero, por favor
senão paga fiado e volta amanhã

menos de meio quilo
disso ou daquilo
que bate forte aqui dentro

tamanho bom
de caber bastante (sempre tem um espacinho pra quem vale a pena)
firme, bela cor, sadio

não se compra em feira
encontra somente no peito
de quem se dispõem oferecê-lo