galáxias


Somos seres humanos, mundanos, munidos de energia, matéria e um monte de coisas inexplicáveis. Somos forças e fraquezas, sujeitos a forças e vetores que nos prendem ao chão ou jogam aos quatro ventos. Rompemos continentes e movemos montanhas, repartimos e achamos que descobrimos a menor das menos partes que nos compõem, e saímos da esfera terrestre. Partimos rumo ao desconhecido universo da mente humana e seus segredos. 

Fomos atrás de sonhos e aprendemos o poder de acredirar. 

Somos pequenos perto da imensidão das galáxias. Nossa insignificante proporção é que nos torna tão importantes em significado. Ao mesmo tempo que somos compostos por moléculas e outras coisinhas tão nano que nem conseguimos medir, o universo é composto por milhares de seres, como eu, como você, como outras espécies e seres que talvez nunca iremos esbarrar pelo caminho, mas existem, coexistem. 

Não somos nada sem os menores e os maiores ao nosso lado e acima de nós. Como também a imensidão das galáxias não seria a mesma sem o brilho dos nossos olhos. 

pintar um quadro novo


Se o horizonte nublou, se o cenário mudou, se caiu um pé d’água, se todos viraram-se contra você, se as contas chegaram, encare o céu, dê cor, pinte um quadro novo. Dê asas aos pés, ponha a sorte no bolso e confie mais nas suas escolhas. Se não tem mar, mergulhe no ar, na imaginação, com criatividade o cenário muda, com fé e sorriso o contexto ganha novos ares. Cantarole uma canção e ria de si mesmo se desafinar, sem vergonha de ser feliz. 

acordar para sonhar


Despertar para encantos da vida. Construir laços e agradecer a todas as energias do mundo pelos encontros que acontecem preenchendo nossos corações de alegria. 

Às vezes mudar de planos é seguir o plano certo. Às vezes mudar os caminhos é encontrar um novo, empolgante e feliz caminho na vida. É bom abrir os olhos e acordar para viver um sonho real. 

carregue consigo uma caixinha de amor


Sem arte a vida não é nada senão vida sem arte. Sem vida a arte não existiria. Com poesia a vida ganha mais cores, flores, texturas e sabores, mais encantos, risos, sorrisos e abraços. As ideias estão nos olhos: de quem vê e de quem se vê. Toque-se, toque o coração de alguém, vá sem medo. Mas se der medo, na boa, não esconda sentimentos, vá! Converse com um estranho, não o olhe estranho, entenda, mesmo sem conhecer, que ele é tão vida e tão bonito quanto você. Seja poesia, pois o mundo tem mais encantos do que a gente imagina. 

estado de espírito


Poesia é como estado de espírito: às vezes você está no estado, às vezes está no espírito. Às vezes você escreve poesia, às vezes você faz poesia. É preciso sentir, algo que vem de dentro, ou algo de fora que te impulsiona a aventurar no emaranhado de sentimentos e palavras. É como ir a lugares ou revisitar os amigos, sempre novas experiências. Você pode ir ao mercado comprar um sonho, mas nunca poderá comprar um sonho de verdade. Não compre sonhos, conquiste os seus. Nada é fácil ou impossível de mais que não possa ser tentado. O que se espera ou deseja alcançar e conquistar. Longe nem sempre é uma questão só de distância, é às vezes onde você nunca foi. Onde você esteve ou para onde você vai sempre há chance de ser mais perto. A vida é como um livro: uns lêem, outros escrevem, poesia é uma das formar de viver. Não precisa saber ler para ler a vida, basta abrir os olhos da percepção e sentir o fluxo e o que a vida realmente é. Não precisa ser poeta pra escrever ou fazer poesia, basta se colocar ou aceitar um estado de espírito que te inspire a expor aquilo que sente. 

desafie seus gigantes

Não sou cara de desafios, nem de me colocar à prova, mas hoje desafiando o maior dos gigantes, o único gigante contra quem devo travar harmoniosa e dura batalha: eu mesmo. Sou meu maior companheiro, meu maior oponente. Entre dificuldades, dúvidas, decepções e frustrações, entre choro, raiva, entre tristeza e alegria, sorrisos, carinho, apoio e negações, escolhi e busquei tentar superar e vencer. Reconquistar meu espaço, poder olhar novamente no espelho, poder olhar cada canto do Rio de Janeiro sem precisar chorar por boas lembranças, momentos e histórias vividas que não vão voltar. Não peço pra voltarem, e não me arrependo de nenhum momento vivido ou não tendo sido possível de ser vivido. Mas na boa, a vida abre e brilha como sol todos os dias, então não me cabe ser refém de mágoas, por isso mudo minha cabeça e trilho desejando felicidade a mim e a todos. Sem egoísmo, mas minha felicidade é importante. Sem ego, mas eu sou importante, e devo me valorizar. Sem medo, pois já passei riscos de mais e sai ileso, de mente tranquila e consciência limpa, por não mentir quem e o que eu sou. Mesmo fraco ainda, hoje sou mais forte, grita em mim uma pura vida, jovem e linda, e isso ninguém me tira.

45


Mem cinco minutos guardados, eternizados em auge de mais puro sentimento foram argumentos fortes para sustentar a identitade líquida dos seres. Palavras doces, recaídas, esperanças, negações, mais esperanças vazias, conselhos e broncas, tentativas de abrir os olhos entre as lágrimas. Cinco segundos para decidir, quarenta e cinco para se arrepender, seis horas de reflexão e conselhos musicais abafados egoisticamente nos ouvidos. O que é (e o que nunca foi) amor nos dias de hoje? Como pessoas que escorrem pelos dedos, sentimentos negados, escolhas tomadas. O juiz também deixou o apito de lado e foi jogar, a vida segue correndo e ninguém quer perder. Tenho orgulho por ter tentado, sincero em mim, no meu ser. Nas lágrimas me fortaleço, pois lavo minha alma. 

e quando eu voltar


Eu vou lá, seguir em frente em busca, a caminho da felicidade. Me abraço, me consolo e conforto, me olho nos olhos e me toco o coração. Aproximo da razão, recheada de emoção, pois assim sou. Eu preciso andar. E de dentro para fora buscar forças, para alcançar. O que falta preencher no meu eu, só a mim mesmo cabe completar. Quem quiser, virá apenas a somar e compartilhar, e que venha de peito aberto também. Estou chegando…

eu tive um sonho (ou vários)


Eu tive um sonho e acordei. Tive vários micro sonhos e rolei na cama entre dormir e acordar. Eu desejei. Vi futuros, possibilidades, chances e coisas impossíveis. Eu fui e vivi. Passei por muitos caminhos, lugares, integrações e interações, colori e rabisquei. Eu desejei, cai e levantei, chorei e refleti, levantei a cabeça e decidi viver: sonhar vivendo e viver sonhando. 

me dê um gole de vida


Toda queda um sopro. Cada perda um encontro. No escuro uma luz. Em cada glória um recado. Perspectivas, expectativas, pontos de vista, desilusões e frustrações, momentos de profundo vazio ou de êxtase em alegrias e realizações. Sentimentos fervilhando na mente, ideias e planos em conexão no coração. Cada respirada mais profunda um novo gole de vida.