acordar para sonhar


Despertar para encantos da vida. Construir laços e agradecer a todas as energias do mundo pelos encontros que acontecem preenchendo nossos corações de alegria. 

Às vezes mudar de planos é seguir o plano certo. Às vezes mudar os caminhos é encontrar um novo, empolgante e feliz caminho na vida. É bom abrir os olhos e acordar para viver um sonho real. 

esquecer


A vida me presenteou com falhas, que bom. Que benção enorme em ter falhas, para poder então a cada dia, a cada descoberta, cada pessoa, cada recaída, poder entender, assimilar e poder superar e amadurecer. No meu tempo de moleque não sabia o que era saudade, não compreendia amor, não vislumbrava um futuro ou carreira, não tinha memórias ou histórias, não sabia a proporção do que era amizade. Esquecer ou deixar de lado seria como negar a certeza de uma ignorância, que aos poucos vem sendo contornada e superada. Devo muito a tudo e todos que encontrei pelo caminho. Esquecer é negar evoluir. 

45


Mem cinco minutos guardados, eternizados em auge de mais puro sentimento foram argumentos fortes para sustentar a identitade líquida dos seres. Palavras doces, recaídas, esperanças, negações, mais esperanças vazias, conselhos e broncas, tentativas de abrir os olhos entre as lágrimas. Cinco segundos para decidir, quarenta e cinco para se arrepender, seis horas de reflexão e conselhos musicais abafados egoisticamente nos ouvidos. O que é (e o que nunca foi) amor nos dias de hoje? Como pessoas que escorrem pelos dedos, sentimentos negados, escolhas tomadas. O juiz também deixou o apito de lado e foi jogar, a vida segue correndo e ninguém quer perder. Tenho orgulho por ter tentado, sincero em mim, no meu ser. Nas lágrimas me fortaleço, pois lavo minha alma. 

pequenas coisas


Não vá assim me deixando pura lágrima, pois em mim apaga mais uma bela chama. Estive tão perto do fogo, tão perto do olho do furacão, senti a alma transbordar pelo corpo e quase sair dele pela boca. Eu não aguento mais. Estive tão perto do que havia perdido, perto de alcançar de novo, e escorreu pelos dedos. Não me cabe julgar nem cobrar os outros, pois me cabem tantas fraquezas, defeitos, erros, falhas, falta em mim muito que agarrar e defender com unhas e dentes. Para alcançar o que quero às vezes não basta só querer, só vontade, é preciso um pouco mais, vindo de dentro. Me resumo a pequenas coisas.